Inscreva-se já

Inscreva-se já

Inscreva-se já no nosso ginásio

Frigorífico - Como o devemos organizar?

01.02.2020


Frigorífico

Como o devemos organizar?

 

A organização do frigorífico pode ter um papel muito importante na segurança e qualidade dos alimentos que ingerimos, mas também no combate ao desperdício alimentar.

Sabe-se que uma grande percentagem do desperdício alimentar ocorre por conservarmos erradamente os alimentos. Por isso, nada como conhecermos a forma mais apropriada de os armazenar para atenuarmos essa situação.

 

O frigorífico não apresenta a mesma temperatura em todas as suas áreas, por isso a colocação dos alimentos deve ser feita de acordo com isso.

A porta do frigorífico é a zona mais quente, para além disso é onde há maior oscilação da temperatura, por isso deve evitar colocar alimentos perecíveis nesta zona. Opte por colocar condimentos, manteigas, molhos, vinagretes, bebidas não lácteas.

Depois da porta, as prateleiras superiores representam a zona mais quente, sendo um bom local para colocar itens que não apresentam elevado risco de segurança. Entre eles incluem-se bebidas, ervas, alimentos prontos a comer, charcutaria, queijos, iogurtes, sobras alimentícias.

As prateleiras intermédias já apresentam uma temperatura mais fria que as anteriores, pelo que pode conservar ovos, leite, cremes vegetais, natas.

As prateleiras inferiores representam o local mais frio do frigorífico, devendo ser usadas para armazenar os alimentos com maior risco de segurança, nomeadamente carne e peixe.

 

Alguns frigoríficos possuem gavetas com diferenças na humidade. Na gaveta referente a humidade elevada deve colocar vegetais, em especial os que facilmente tendem a murchar, como por exemplo cenoura, espinafres, couves, brócolos, beterraba, manjericão e outras ervas aromáticas. Em oposição, na gaveta que apresentam humidade reduzida deve colocar as frutas e os vegetais que tendem a apodrecer, como por exemplo pêra, maçã, uva, abacate, bagas, cogumelos, pimento. 

 

Algumas recomendações gerais são também importantes para garantir uma adequada conservação e poupança de energia, nomeadamente a regulação da temperatura e a manutenção da mesma:

-    Deve regular o seu frigorífico para que ele tenha uma temperatura interior entre os 0ºC e os 4ºC;

-    Evite deixar a porta do frigorífico aberta;

-    Não coloque demasiados alimentos no frigorífico. É necessário haver circulação do ar, por isso deixe espaço entre os alimentos para que o ar frio circule;

-    Não coloque comida quente, pois o calor irá alterar a temperatura interior e pode deteriorar os outros alimentos lá presentes.

 

 

Estas breves recomendações podem fazer a diferença tanto na manutenção da qualidade alimentar dos seus produtos como na diminuição do desperdício alimentar em sua casa. São excelentes razões para organizar este equipamento que tanto impacto tem na nossa qualidade de vida.

 

 

 

 Susana Francisco
Nutricionista

 

 

© 2020   Todos os direitos reservados   Politica de Privacidade Seara.com